RuivaNegra
Carregando...
Quase Pronto

Página do Blog

  • 28 Nov
    Ensaio nu de Caio Silva e Italo Sulzbacher é destaque do livro "Desnuda Alma" de Cynthia Barros.

    Ensaio nu de Caio Silva e Italo Sulzbacher é destaque do livro "Desnuda Alma" de Cynthia Barros.

    Gêneros fluidos são fotografados nus em ensaio de livro fotográfico.
     
    Começa em 9 de dezembro a quarta edição do BIT!, Festival de Fotografia da Incubadora de Artistas que acontece anualmente com a proposta de mostrar aspectos diversos da imagem fotográfica.
     
    Como nos anos anteriores, a abertura da exposição terá o lançamento de um livro fotográfico. O deste ano será o “Desnuda Alma”, da paulistana Cynthia Barros, acompanhado de uma exposição. As imagens apresentam a busca pela verdadeira essência de humanidade que transborda das pessoas quando elas se “libertam” de suas vestimentas – simples peças de pano que, muitas vezes, mais do que aquecer, estão carregadas de significados aprisionantes.
    “Admito que quando recebi o convite para o ensaio eu fiquei em choque.  A ideia de ter meu corpo nu exposto me assustava. Mas A fotografa Cynthia Barros foi muito sensível em apresentar o quão belo nosso corpo pode parecer” afirma o YouTuber Caio Silva, do canal RuivaNegra, um dos destaques do livro que fotografou ao lado de  Italo Sulzbacher.
     
    “A maneira que a gente se comunica e se comporta com características tanto femininas e masculinas ou se definindo como nenhuma das duas sempre atraiu a atenção de curiosos. A demanda por informações sobre a nossa vida particular e carreira aumentou consideravelmente com o lançamento do canal no youtube. Acredito que com este ensaio nós podemos  chegar mais longe. Mostrar, através da arte da Cynthia, que há outras formas de existir além daquelas tradicionais” afirma Italo.   
     
    Para o curador do livro, o fotógrafo e crítico paulista Juan Esteves, “o corpo humano nu é um tema duradouro na arte. Desde a Antiguidade, seja nos seus contornos espirituais ou através daqueles mais materiais, os artistas se expressam por esta linguagem em suas múltiplas abordagens, da busca pela estese que suas formas provocam aos manifestos políticos pertinentes à vida contemporânea. As imagens de Cynthia Barros caminham por esta multiplicidade.
    Nas suas fotografias enxergamos todos os aspectos da experiência humana, mostrando que a figura nua claramente tem sua importância. Não somente aqueles que queremos ver mas também o que não procuramos. Aqueles que nos afastamos muitas vezes conscientemente e os outros que nossos trajetos sociais são capazes de provocar a nossa revelia.”
     
    A fotografa Cynthia Barros
    Cynthia Barros fotografa desde 2007 e começou seu projeto fotográfico com nus em agosto de 2016. Primeiramente com as mulheres do seu círculo pessoal, como sua avó, amigas e depois estendeu para os amigos, conhecidos da cidade onde mora e também de São Paulo, onde viveu por muitos anos. Suas imagens não fazem distinção de sexo, gêneros, nem de idade, ou qualquer prioridade ao quesito estético, o que ampliou e tornou mais significativo o conteúdo do livro com uma abordagem contemporânea que não se debruça somente pelo imagético mas que também inclui uma conexão mais humana e ontológica bem como política. Sem ser algum manifesto, constitui em um delicado trabalho, que alia as boas composições fotográficas a conceitos bem estruturados na busca pela revelação mais humanista, o que nos dias de hoje é algo raro diante de um mundo que se mostra extremamente polarizado.

    A exposição seguirá aberta para visitação de quarta a sexta-feira, das 14 às 19 horas e, aos sábados e domingos, das 15 às 19 horas, até o dia 26 de março.

    Endereço:  Praça Claudino Alves, 78 – Centro Atibaia SP

    Entrada  Gratuita